< Voltar

Artigos

Os números não mentem

De acordo com matéria divulgada na Revista Potência, durante o ano de  2018, 70% dos fabricantes de fios e cabos elétricos, certificados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), estavam comercializando produtos fora da especificação técnica, isto significa que estavam não conformes.

“Fabricantes desonestos utilizam o selo de conformidade do Inmetro e despejam no mercado, toneladas de fios e cabos sem as especificações técnicas protocoladas, causando prejuízos inestimáveis aos comerciantes, consumidores e empresas idôneas em todo o País”, declarou Enio Rodrigues, diretor-executivo do Sindicel (Sindicato da Indústria de Condutores Elétricos, Trefilação e Laminação de Metais Não-Ferrosos do Estado de São Paulo).

O Trabalho da Qualifio

Desde 1993, a Qualifio (Associação Brasileira pela Qualidade dos Fios e Cabos Elétricos) monitora o mercado identificando certificadoras e fabricantes que operam de maneira irregular. Assim, é possível notificar as autoridades competentes para que uma atitude seja tomada (como uma notificação e até o encerramento da empresa).

Em outras palavras, é possível dizer que a missão da Qualifio é inspecionar constantemente os fios e cabos comercializados nos pontos de venda, a fim de garantir que o consumidor não seja enganado no momento da compra.

Mais alguns dados

De janeiro a dezembro de 2018, 95 fabricantes foram avaliados e 611 marcas foram testadas, porém, os resultados foram alarmantes: 57% das amostras testadas estavam não conformes, e são exatamente esses produtos que trazem um risco iminente de incêndio àqueles que os utilizam.

Com esses dados é possível notar que a certificação de produtos realizada por organismos credenciados pelo Inmetro não é confiável pois, no momento da auditoria na fábrica e dos produtos, o fabricante mostra-se devidamente preparado e, após o término da inspeção a empresa retoma suas atividades produzindo produtos de má qualidade, informa Maurício Sant’Ana, secretário executivo da Qualifio.

Você também pode ajudar

Você sabia que também pode ajudar a Qualifio a retirar os produtos ilegais do mercado?

Através de denúncias realizadas por consumidores, lojistas e demais públicos, a Qualifio coleta os produtos no mercado e encaminha aos laboratórios credenciados pelo Inmetro que, por sua vez, realizam testes de qualidade de acordo com as normas de fabricação.

Os resultados obtidos são analisados pela Qualifio, publicado sem relatório e enviados para os fabricantes, comerciantes, Organismo de Certificação de Produtos (OCP) e para o Inmetro e, caso a amostra esteja irregular, a empresa é notificada, multada e pode até ser fechada.

Uma ajuda extra

A Qualifio pretende, nos próximos meses, lançar o Selo Qualifio para seus associados, com o objetivo de atestar, ao público consumidor, a qualidade e a segurança do produto adquirido e garantir sua confiabilidade no mercado.

Para saber mais sobre o trabalho da Qualifio, sobre os números registrados, sobre o mercado ilegal de fios e cabos elétricos, acesse a matéria divulgada na Revista Potência Edição 163,  clicando Aqui.

Evite RISCOS. Seja RESPONSÁVEL. Compre somente produtos CONFIÁVEIS.