< Voltar

Artigos

Comidas x Fios e Cabos não confiáveis: O que pode dar errado?

O dia passa. Você acordou cedo, tomou seu café da manhã e saiu para trabalhar. Quando o marcador do relógio mostra, 11:45 hs, você logo pensa “que bom, estou morrendo de fome, daqui a pouco é hora do almoço”. Situação comum do dia-a-dia, não é mesmo?

Mas, e se você tivesse que comer algo, sem ao menos saber o que é? Você se arriscaria a colocar algo em seu corpo, sem ter certeza do que está ingerindo e, ainda pior, qual seria a procedência daquele alimento? 

Bem, podemos trazer isso para nossas instalações elétricas. Você sabe exatamente a procedência dos fios e cabos que estão nas paredes de sua residência? Ou será que eles foram colocados lá sem ao menos você tomar conhecimento de qual fabricante eles são? 

Pensando bem, a situação é muito semelhante, porém, com  produtos diferentes. Neste caso, podemos dizer que a comida e os fios e cabos podem ser de procedência duvidosa. Em algum momento isso já passou pela sua cabeça? 

Cabos não confiáveis são exatamente como comidas desconhecidas – podem fazer mal a qualquer momento. 

O uso de fios e cabos sem qualidade aumentam a resistência elétrica. Isto é, os elétrons que passam por esses fios terão mais dificuldade para circular, aumentando assim a probabilidade de que ocorra um aquecimento desses fios e cabos, e o princípio de um incêndio. 

A segurança deve estar em primeiro lugar, assim como a sua boa alimentação. Com certeza você não comeria algo na rua se soubesse que o alimento foi manipulado fora dos padrões de higiene e limpeza, não é?

 Com a instalação elétrica, acontece o mesmo. Você não deve adquirir um produto pelo preço, e sim pela qualidade, confiabilidade e segurança que ele lhe traz.

Mas como saber qual o produto de qualidade?

A Qualifio – Associação Brasileira pela Qualidade dos Fios e Cabos Elétricos, realiza mensalmente uma ação de monitoramento dos fios e cabos comercializados nos principais pontos de venda, a fim de garantir que o consumidor não esteja comprando “coxinha sem frango”. 

A função da Qualifio é levar às autoridades todo o tipo de irregularidades que surgem no mercado, para que este produto não seja comercializado, garantindo assim sua segurança e de seu imóvel.

Um fio ou cabo fora dos padrões de qualidade, ou “não conforme”, possui menos cobre em sua composição, isto é, para reduzir o custo de produção do material, alguns fabricantes utilizam menos cobre do que o exigido por lei, deixando o produto sem nenhuma segurança de uso. Quandose tem menos cobre, há um aumento da resistência elétrica e por consequência um maior risco de aquecimento desse cabo.

Além disto, alguns fabricantes diminuem o diâmetro do condutor, completando o espaço restante com mais material isolante. Desta forma, o consumidor pensa que está comprando um produto confiável, quando, na realidade, está sendo totalmente enganado.

Um Selo que garante a Qualidade do produto

Não seria ótimo comprar um produto com a certeza que ele foi fabricado de maneira correta, com produtos adequados e que lhe garantirão total segurança nas instalações elétricas? 

Este é um trabalho que a Qualifio vem desenvolvendo, a fim de apoiar o consumidor e os profissionais na hora da compra. Um Selo que atestará a qualidade de fios e cabos, garantindo sua confiabilidade. 

Mas, enquanto este selo ainda não está disponível nas prateleiras das principais lojas de materiais elétricos, descubra quais são os fabricantes que seguem rigorosamente, as normas pré-estabelecidas para a produção de fios e cabos seguros e confiáveis.(clicando aqui e verificando nossos parceiros)

Evite RISCOS com acidentes elétricos. Seja RESPONSÁVEL pela sua própria segurança. Use somente fios e cabos CONFIÁVEIS.